Cobra Muçurana

A Pseudoboa Cloelia, mais popularmente chamada de Muçurana, é uma serpente que vive em sua maioria na América Central e do Sul. São serpentes de pequeno a médio porte, que quando adulta pode chegar a medir 2,40 metros de comprimento. Sua coloração varia com a idade, quando jovem é rósea, e quando adulta, negro-chumbo ou azulado. Na regia ventral tem uma coloração amarelada.

Não é venenosa!

A Muçurana não é um animal peçonhento. Conhecida como cobra-do-bem, cobra-preta, ou cobra comedora de cobra, a Muçurana é ofiófaga, que se alimenta basicamente de outras cobras, peçonhentas e não peçonhentas, sendo sua preferida as Jararacas, mas na falta delas ou de outras cobras, a serpente come também pequenos mamíferos. A Muçurana ataca suas vítimas prendendo-as pela boca com seus fortes dentes, que medem entre 10 e 15 cm, cravando-os no terço anterior do corpo da vítima, enrola-se rapidamente nela, e mata-a por constrição, depois ingere sua presa, começando pela cabeça. Apesar ingerir cobras peçonhentas, essa serpente é imune ao veneno de outras cobras, que, ao tentarem se livrar do predador, acaba mordendo, sem sucesso a Muçurana. A única cobra que pode matá-la é a Cobra Coral. Esta serpente é muito ágil e extremamente forte, sendo capaz de travar lutas de mais de uma hora de duração, e geralmente sai ganhando.

O Habitat

Seu habitat natural são as matas e vegetação rasteira e fechada, e vivem perto de rios e lagoas. E é totalmente inofensiva para o homem. Esta serpente foi descoberta pelo médico e cientista brasileiro Vital Brasil (1865-1950), e era um pesquisador do ofidismo. Vital Brasil apresentou em uma conferência em 1915, um filme de 1911, mostrando a luta de uma Muçurana contra uma Jararaca. Vital foi o criador do Instituto Butantan, em São Paulo, que é referencia em estudos de animais, bactérias, entre outros, e em desenvolvimentos para vacinas.

A primeira Muçurana estudada por Vital Brasil matou e devorou de julho de 1909 a agosto de 1910, 17 Jararacas e 1 Boipeva. Além das Jararacas, outras cobras são preferidas da Muçurana, como Urutús e Cascavéis.

Comments
  1. Aline Oliveira
    Responder
  2. Gizelli
    Responder
  3. thiago
    Responder
  4. negi jose da costa
    Responder
  5. ivana paes
    Responder
  6. Wiluawaka Chzekó Lizsíaagu
    Responder
  7. Marcelo J.A.Silva.
    Responder
  8. william faria
    Responder
  9. william faria
    Responder

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *