Cobras de duas cabeças

 

As cobras de duas cabeças são bastante comuns de serem vistas, até mesmo em locais onde não existe praticamente nenhum indicio de cobra, porém ao contrário do que muitos imaginam, o nome “cobra de duas cabeças” é apenas um nome popular dado a esse animal, na realidade a cobra de duas cabeças não faz parte da família dos repteis. Esse animal costuma viver de baixo da terra e justamente por isso aparece em regiões onde praticamente não existe répteis, porém agora você está ciente de que a cobra de duas cabeças não tem nada haver com as cobras.

Cobras de duas cabeças – Informações

A cobra de duas cabeças recebe esse nome popular devido ao formato de sua calda, seu formato é arredondado e lembra muito o formato de sua cabeça, por isso antigamente acreditava-se que esse animal realmente tinha duas cabeças, porém durante os últimos anos e com avanço nos estudos, foi constatado que esse animal tem apenas uma cabeça e a parte que todos achavam ser mais uma cabeça é apenas sua calda. Outro fator que gera muita confusão é quando a cobra de duas cabeças se sente ameaçada por alguma coisa.

Quando ela se sente ameaçada, a cobra de duas cabeças começa a movimentar seu rabo da mesma forma que movimenta a cabeça, dando a crer que realmente existem duas cabeças. Porém na realidade esse é apenas uma forma de proteção, essa técnica é muito comum de ser utilizadas por lagartos, que ficam movimentando sua calda de forma frenética para que seu predador perca o foco em seu corpo e seja possível fugir na primeira oportunidade.

Mais algumas informações

Mesmo sendo um animal que quase não oferece risco, pois conta com um tamanho muito pequeno e também quase não tem força para ataque, as cobras de duas cabeças podem ter a mordida muito forte e consequentemente muito dolorida para o individuo que leva essa mordida. Nesse caso é sempre necessário respeitar o espaço do animal para que todos consigam viver em tranquilamente.

Comments
  1. Denise Barbato
    Responder
    • Gustavo
      Responder
  2. Gustavo
    Responder

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *