Bijuterias com imagens de cobra

As bijuterias sempre estiveram presentes no dia – a – dia das pessoas. Todo mundo usa, homens e mulheres, sempre para dar aquele toque final de beleza, charme e também de harmonia, a final os acessórios utilizados dizem muito sobre cada personalidade, cada um usa o acessório que mais se identifica.

Que chama atenção, não tenha dúvida, convenhamos, quem não olha para uma corrente no pescoço de alguém, um anel, relógio, brinco, presilhas, pulseira, especialmente se a pessoa em questão for do sexo oposto, certamente perceberemos a presença dos acessórios, da harmonia entre as vestes e que imagem esta pessoa quer nos passar. A cerca de dois séculos, os acessórios de beleza eram sempre joias em ouro, brilhante, diamante, etc, e só quem usava era a nobreza, que aliás, no Brasil uma parcela muito pequena da sociedade. A cerca de um século surgiram as bijuterias, para atender à demanda das classes pobres com um baixíssimo poder aquisitivo, à beira da linha da miséria, e estas bijuterias eram de muito baixa qualidade e resultaram por um grande preconceito, caracterizando ainda maior divisão social.

 

O Uso das Bijuterias

Nos anos 90, com a evolução tecnológica e cultural no mundo, e também com a elevação de classe média e do poder aquisitivo dos brasileiros como um todo no século XXI, as pessoas perceberam antes de tudo que era possível produzir bijuterias com alta qualidade com os mais variados preços e que com a necessidade de estar sempre inovando, inclusive nas aparências, entendeu-se que as bijuterias eram a solução perfeita em termos de acessórios de beleza e praticamente aposentaram as joias que ficam guardadas nos cofres. As bijuterias hoje dão toque de classe nos artistas, nos diretores, nos políticas, empresários e em toda a sociedade sem distinção. Além de estamparem com suavidade e beleza os rostos de todas as classes sociais e profissionais as bijuterias também ditam modas e grupos/tribos, quem já viu um roqueiro sem uma caveirinha, um MC (Rapper) sem uma cruz, na corrente ou pulseira?

 

Ditando a moda já há um bom tempo estão as bijuterias com imagem ou textura de cobra, vem com os mais variados modelos, em vidro, metal, plástico e até com uma textura sintética semelhante à pela da cobra. Este posto hoje é dividido com as caveirinhas, corujas e bigodinho.

Seja por questões supersticiosas, por questão de gosto, por alguma causa ambiental ou por simples moda há sempre alguém na rua com uma bijuteria com imagem de cobra e em qualquer loja, seja na mais popular ou na mais sofisticada sempre encontraremos a oferta para uma “biju de cobra” é só comprar a sua e sair na moda.

 

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *